Consumo varejista cresce 9,9% no Piauí

 


Foto: Reprodução/Internet

Ao contrário do que se especulava em relação a uma tendência de desaceleração no consumo varejista, o estado piauiense teve, em relação às vendas, a segunda maior alta do país, no mês de outubro.

O crescimento de 9,9% do estado, que só perdeu para os 14,1% do estado paranaense, apresenta um índice superior à média de toda região Nordeste (1,3%) e também da nacional (0,2%).

Os dados foram observados pelo IGet, índice que calcula a movimentação de compras no varejo no país por meio de máquinas de cartão de crédito Getnet, desenvolvida pelo Banco Santander.

 Especialistas apontam que este bom desempenho é atribuído à injeção de dinheiro público a níveis estaduais e federais por meio do auxílio emergencial e a antecipação do 13º salário no mês de agosto.  O Piauí é estado que mais sentiu o impacto do econômico com o auxílio: mais de 1,3 milhões de pessoas receberam o benefício. Esse número representa 40% da população da unidade federativa.

 Em nível Brasil, o relatório do IGet aponta que as vendas em outubro tiveram leve alta de 0,2%. Depois de um movimento de aceleração das vendas até agosto, acima dos níveis do período pré-crise, setembro deu início a uma desaceleração e outubro reforçou essa trajetória. Já na comparação com outubro de 2019, o crescimento foi maior, de 6,6%.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário