Número de crimes contra a mulher cai em 12% no Piauí

 

O número de registro de boletins nas Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher no Piauí caiu 12,11%. Os dados são referentes ao período de 1º de janeiro a 31 de outubro de 2020. Os dados vêm do Núcleo de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Segurança do Piauí, informados nesta quarta-feira (25).


Foram registrados 4.191 boletins de ocorrência contra 4.812 no mesmo período de 2019, uma redução de 12,11%, de acordo com levantamento.

A Secretaria de Segurança Pública aponta que a queda no número de BOs demonstra diminuição mês a mês em relação ao ano de 2019.


De junho a outubro de 2020 as DEAMs registraram 2.256 boletins e em 2019, neste mesmo período totalizaram 2.530 ocorrências. Em setembro e outubro de 2020, o levantamento revela que as Delegacias de Atendimento à Mulher registraram 1.023 ocorrências, número menor que o mesmo período de 2019, onde 1.070 registros foram formalizados. 


Ainda de acordo com levantamento, de janeiro a outubro de 2020, foram 726 denúncias e acionamentos no aplicativo Salve Maria. Em 2019, esse número foi menor 26,17 % no mesmo período, com 573 registros. Uma média de 72 registros mensais.


Em todo o Estado foram registrados de janeiro a outubro deste ano 20 casos de feminicídios; em 2019, no mesmo período, 23 casos.


O estudo foi baseado na quantidade de boletins registrados e não no número de crimes. Teve como fontes o Sistema de Boletins de Ocorrência (SISBO) e o SINESP PPE, ambos da Polícia Civil.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário