Gás de cozinha terá reajuste no preço de 5%

 

Foto: Reprodução/Internet

O preço do gás de cozinha terá preço ajustado em 5% nas distribuidoras a partir de hoje (03). A Petrobras informou o reajuste e com isso, o valor do produto de 13 kg será ajustado para R$ 33,89.


Esse reajuste acumula uma alta de aproximadamente 21,9% ou de R$ 6,08 ao botijão. A empresa apontou também que os preços do GLP seguem a dinâmica de commodities em economias abertas, tendo como referência o preço de paridade de importação, formado pelo valor do produto no mercado internacional, mais os custos que importadores teriam, como frete de navios, taxas portuárias e demais custos internos de transporte para cada ponto de fornecimento. Esta metodologia de precificação acompanha os movimentos do mercado internacional, para cima e para baixo.


Além disso, a estatal destaca que de acordo com ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), 43% do preço ao consumidor final correspondem atualmente à parcela da Petrobras e os demais 57% traduzem as parcelas adicionadas ao longo da cadeia até clientes finais como tributos e margens brutas de distribuição e revenda.


Uma pesquisa da ANP, realizada na última semana de novembro, apontou que o preço médio do botijão praticado no país era de R$ 73,22. Os preços, no entanto, são livres, e variam nos postos de venda aos consumidores.


Ao longo do ano, refletindo as reduções e as variações do mercado internacional, a Petrobras reduziu os preços de venda do GLP às companhias distribuidoras, chegando a uma variação acumulada de -21,4% em maio (-5,96 R$/ botijão de 13 kg). Da mesma forma, os preços acompanharam a recuperação do mercado internacional, também sendo influenciados pelo câmbio.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário